Para uns, avançar era morrer, mas ninguém pensava em recuar; para outros, permanecer era morrer, mas ninguém pensava em fugir. (Victor Hugo, Os Miseráveis. Vl. 2, pág. 297)

Anúncios