Márcio Cardoso é pastor, músico e compositor. Sua poesia é uma raridade. Pessoalmente, preciso de experiências estéticas para “tocar” no divino. Esta sua última composição arrancou-me de mim. Toquei em Deus. Ofereço aqui a poesia sem a música. Um pouco e a melodia seria dispensada. Seu blog está entre meus links sugeridos. Bom proveito!

Um nome de Deus

Este desejo em mim que não sossega

É grandeza e não tem nome

Nasceu comigo, mas vem de muitas eras

Atrás da linha do horizonte

Companheira que é saudade

Uma ausência que é presença

Ah, desejo… meu suspiro e devoção

Este desejo em mim que não me larga

Fala muito qual o silêncio

Emudece os meus lábios feito à morte –

O hiato de quem vive

Parte de mim que já se foi

A metade que não vai

Ah, desejo… meu fôlego e fé

Meu desejo diz mais que palavras

É o melhor da minha oração

Já traduziu o que a letra matou

No meu gemido o Pai discerniu

Ah, desejo… um nome de Deus

Márcio Cardoso

Anúncios