“A imaginação é o principal instrumento do bem […] a arte é mais moral do que as morais. É que essas últimas são ou tendem a se transformar em consagrações do status quo [...] Os profetas morais da humanidade sempre foram poetas, ainda que falassem em versos livres ou por parábolas.”

(John Dewey, citado por Rorty em Contingência, Ironia e Solidariedade, p.129)

Anúncios